segunda-feira, 1 de julho de 2013

Parque-mirante

Para fechar: Olmsted!


Imaginem: o pulmão de Montreal no inverno vira uma grande arena de esportes de frio. Ski dentro da cidade é simplesmente fantástico!



E que paisagem! Que mirante!
Não consigo conceber essa massa verde no verão...






Olmsted sabia o que fazia...

Gostaram?
Excelente viagem ao Canadá, super recomendo!


Até breve!

O que há de novo

Agora um apanhado da arquitetura contemporânea de Montreal.
Vários temas e bairros.
Qualidade e elegância.















2.

Em cima e embaixo

A Place des Arts é um projeto que lida com a acessibilidade e conexão entre os equipamentos culturais, nesse caso o Museu de Arte Contemporânea, o Teatro/Filarmônica e o Centro de Dança.

Como foi resolvida a articulação? Quem arrisca?
 

O subsolo, que fui descobrir depois que também se conecta à cidade subterrânea (!!!!), funciona como um grande foyer público para os 3 edifícios, gerando sobre ele uma praça.

Em cima:






Embaixo:







O foyer, obviamente, virou a alegria dos mendigos de Montreal. 

Pois sim, há  mendigos em Montreal!

Formas de habitar


Ponto alto do passeio a Montreal.
E eu já sabia que seria, como sabia que também seria bem difícil de chegar!

O Moshe Safdie metabolista fez do Habitat 67 uma experiência arquitetônica única.

À distância funciona como uma referência monumental na paisagem:

De perto, ou de "dentro", te coloca em um percurso dinâmico, cinético. Cada ângulo, cada movimento, significa um espaço e um ponto de vista inovador.























Maravilha essa obra existir!