domingo, 12 de outubro de 2014

Se essa rua fosse minha

Passeando pelo meu bairro preferido de Santiago, senti vontade de apontar alguns aspectos que fazem toda a diferença para a qualidade de vida de Providência:

1- qualidade das calçadas: largura de aproximadamente 5 metros, têm jardins, farta arborização e boa manutenção da pavimentação;




 2- qualidade do "rodapé": presença de muitos edifícios sem grades, ou com limites demarcados por cercas vivas, é amável para os passantes;




3- qualidade da arquitetura residencial: INFINITAMENTE superior à praticada no Rio de Janeiro.




Para finalizar, vale observar que o sistema de ciclovias anda em plena implantação. E para isso os carros são os que vão perdendo espaço.

Delicia de fim de semana. O Chile é sempre um aprendizado!

sábado, 27 de setembro de 2014

Vida de barco

Fechando o diário de bordo, duas fotos comemorativas da velejada pelas ilhas do Dodecaneso.


A primeira equivale ao grande encontro. Explico:
Lu criou uma lenda de que há 14 anos atrás eles teriam começado a velejar o mundo por minha causa! Porque EU teria pilhado para uma viagem a Abrolhos que supostamente "furei", e, aproveitando o ensejo, eles teriam seguido para o nordeste, e para o Caribe, e para os Estados Unidos, e
depois Mediterrâneo...
Enfim, lenda ou verdade, comparecemos para fazer valer esse título! E demorou muito, mas o dia chegou!
A segunda equivale ao ápice do "estar velejando". Barco adernado, timoneiro aprendiz e descontração total!

Até a próxima, cem países!

Branca

Era uma vez uma ilha que tinha um mosteiro no alto do morro e milhares de casinhas brancas esparramando-se até o mar.

Pátmos é assim, greguíssima, lindíssima! Saudades de Santorini, a rainha mãe. Essa filhota coroou a viagem, teria mesmo que estar no final.
















Branquinha


Já a ilha de Lipsi é a materialização, em pequena escala, do imaginário da ilha grega.


Até os barcos parecem miniatura...









Art Déco Grego

O arquipélago do Dodecaneso esteve sob ocupação italiana durante três décadas, no início do século XX. Isso influenciou profundamente a arquitetura da ilha de Leros, que ganhou uma singularidade: grande parte de seu conjunto arquitetônico data da década de 1930, e é conhecido como razionalismo, o estilo protomoderno da época de Mussolini. Para nós, o Art Déco.

Vejam um pouco do que vimos por lá:








A cidade esponja


Após uma rápida parada em Pserimos, a tripulação partiu para a ilha de Kalymnos, a cidade da esponja.



Centenas de espécies de esponjas, nada baratas. Tudo retirado do mar da região.



Eu bem trouxe uma pra casa!