sábado, 1 de fevereiro de 2014

Saideira...

 
E para fechar nosso sensacional tour arquitetônico que há muito tempo eu estava devendo a Santiago, fomos visitar a Capela do Monastério Beneditino, dos monges arquitetos Gabriel Guarda e Martín Correa.

De forte influência Corbuseana, com direito a portas-dispositivo, luz vertical e "dissolução das arestas", como bem ensinou o mestre, a capela de 1964, também no topo de uma colina, prioriza a luz.

A beleza de uma arquitetura honesta, sem frente e verso, onde a composição volumétrica se revela no interior.







Nenhum comentário: