domingo, 24 de janeiro de 2016

Vinho e Arquitetura: harmonização perfeita!

Um dia dedicado à visita "reserva especial" da viagem: Viña Vik, projeto de Smiljan Radic, finalizado em 2014.
A vinícola, que intenciona produzir o melhor vinho do Chile e um dos 10 melhores do mundo, investiu pesado em uma estrutura focada na produção de somente 1 vinho por ano, um vinho ensamblaje de cinco uvas: Carmenere, Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc, Syrah e Merlot. A plantação é extensíssima, mas somente 1/3 das uvas (as melhores) são usadas para o vinho Vik. Após a colheita, o vinho fica dois anos na barrica e um na garrafa. A proposta da Vik é produzir um vinho elegante e com um sabor não tão alcóolico. Até hoje a vinícola engarrafou somente três safras.


Agora, a arquitetura:
Localizada no "Chile profundo", no vale de Mullahue, de encontro à Cordilheira da Costa, a bodega é uma aula de arquitetura. Delimita-se por uma grande cobertura que à primeira vista poderia parecer uma laje de concreto, mas que na verdade se trata de um inflado de EFTE apoiado em duas paredes laterais. O espelho d'água de grandes proporções, que é a alma do edifício, é a cobertura da adega, e serve de controle térmico, cuja água é usada para vaporização do interior.

O espaço interno é um galpão subterrâneo. O nível de acesso leva ao mezanino do galpão, de acesso aos tonéis. Paredes e passarela de concreto com estrutura expressiva, detalhamento objetivo, inteligente e limpo.





Duas questões em especial mostram a habilidade do arquiteto no trabalho com o contexto: a primeira delas é a altura da cobertura do galpão, que parece flutuar sobre o colchão verde do vinhedo. A outra é a cristalinidade das duas fachadas, que permitem que a visão atravesse a arquitetura e alcance a paisagem mais além.
Pura emoção poder experienciar um lugar como este! E com vinho então!

Nenhum comentário: