terça-feira, 12 de abril de 2016

Soweto pop

Não poderia faltar uma visita a Soweto, antigo bairro de negros durante o regime do Apartheid.

Não espere ver um favelão. Soweto hoje é uma cidade formalizada, e como uma área urbana autônoma, há bairros "ricos" e pobres dentro desse enorme assentamento.





Um dos locais de destaque é o Hector Pieterson Memorial, mais um ponto cultural que trata da violação dos direitos humanos no regime do Apartheid.
O memorial é projeto dos arquitetos Mashabane Rose Associates, e inclui um museu e o "memorial" propriamente dito, na área externa.

Não pudemos entrar no edifício, que estava fechado... mas o memorial já valeu muito a visita.

Aliás, os arquitetos locais estão de parabéns. excelentes museus, excelente arquitetura contemporânea que emociona e faz refletir. Excelente detalhamento e desenho dos espaços públicos.
Um rolé pela rua "turística" de Soweto deixa suspeitas de que pouco restou dessa antiga área marginalizada. Claro que estamos falando de uma parcela muito pequena desse grande assentamento, mas foi um dos poucos locais em que presenciamos misturas raciais em toda a viagem. O que também nos faz pensar.

Mais uma zebra: Museu Mandela fechado. A autoria é dos mesmos arquitetos do memorial acima.

Frustração mas... enfim, super viagem! Recomendo South Africa!

Nenhum comentário: